Postagens

Clarice Lispector

É necessário abrir os olhos e perceber as coisas boas dentro de nós, onde os sentimentos não precisam de motivos nem os desejos de razão.
Clarice Lispector

Pensamento

Pecar pelo silêncio, quando se deveria protestar, transforma homens em covardes. 
Abraham Lincoln

Clarice Lispector

Chore, grite, ame e diga que valeu, que doeu, que daqui pra frente só vai melhorar. Perdoe, insista, respeite, ame novamente. 
Clarice Lispector

Pensamento

Somos responsáveis por aquilo que fazemos, pelo que não fazemos e pelo que impedimos de fazer.
Albert Camus

Diante da Humilhação

Diante da Humilhação

Diante da humilhação, utilize-se de resignação;
Diante da humilhação, utilize-se de humildade;
Diante da humilhação, agradeça a Jesus pela oportunidade do aprendizado;
Diante da humilhação, não utilize a raiva nem a vingança;
Diante da humilhação, reaja com a confiança da superação;
Diante da humilhação, tenha a compreensão como sua amiga;
Diante da humilhação, utilize-se do perdão para aliviar a seu sofrimento;
Diante da humilhação, faça uma prece e coloque-se a disposição de Jesus nesta prova;
Diante da humilhação, aproveite para refletir sobre seus sentimentos;
Diante da humilhação, faça o que Jesus faria em seu lugar, utilize-se do amor que está em seu coração e principalmente perdoe e siga seu caminho em Paz.

Imagem: Prayer - Natalia Denger

Minuto de Sabedoria

Quem pensa pouco, erra muito.
Leonardo da Vinci 

Pensamento

Os livros são o tesouro precioso do mundo e a digna herança das gerações e nações.


Henry David Thoreau

Martha Medeiros: Comédia e tragédia

Comédia e tragédia
Martha Medeiros

Eu estava no banheiro do shopping quando escutei duas amigas conversando sobre o filme que haviam acabado de assistir. Uma disse: Li no jornal que era uma comédia e vim disposta a gargalhar muito. A outra: Também fui surpreendida, esperava outra coisa, não esse soco no estômago. Estava na cara que elas haviam assistido ao mesmo filme que eu, o impiedoso Álbum de Família, que no roteiro de cinema de Zero Hora está anunciado realmente como comédia, ainda que sejam 120 minutos de descontroles, rancores, humilhação, traição, sarcasmo, agressão física e maquiavelices.

É um filmaço, como quase sempre é quando o cinema presta reverência ao teatro: foi adaptado pelo dramaturgo Tracy Letts, autor da peça homônima, e o diretor John Wells manteve na tela a dramaticidade dos palcos. Em teatro, o exagero é natural, o tom costuma ser ligeiramente mais alto que o naturalismo de uma novela de tevê. Teatro é uma espécie de laboratório da vida e congrega todos os elementos que a ela pertencem.

Álbum de Família mostra o reencontro de três filhas com sua mãe, depois que essa fica viúva, e mais os agregados e parentes próximos que vieram para o funeral. Em poucos dias de convívio numa mansão decadente em Oklahoma, diversos traumas e mágoas eclodem: cada um dos visitantes possui várias dores entaladas na garganta, a ponto de, a certa altura, o espectador começar a achar graça daquele desfile inesgotável de fraturas emocionais.

Família é sempre um prato cheio – e agridoce. Amor e ódio, atração e rejeição, acolhimento e desprezo, idealizações e desilusões, carinho e perversidade: um cardápio sortido de emoções contraditórias distribuídas sobre a mesa. Em volta dela, nós, famintos por compreensão e tendo que ser diplomáticos e civilizados até que uma provocação nos faça perder as estribeiras.

A questão é que entre família não há divórcio. Não existe ex-pai, ex-mãe, ex-filho, mesmo que se suma do mapa, mesmo que peguemos a estrada para o mais longe possível. DNA é praga. Não tem rota de fuga. Nasceu, está danado. Então, melhor condescender do que se estressar.

Há famílias mais serenas do que outras, mais afetuosas do que cínicas, mais cinematográficas do que teatrais. Ainda assim, sempre haverá um papel para cada um de seus membros: o de vilão, o de vítima, o de playboy, o de trabalhador, o de folgado, o de frágil, o de problemático, todos apegados aos motivos que os levaram a ser como são.

E eles se acusarão a vida inteira, e se defenderão, e nunca haverá um consenso, e de nada adiantará tanto berro: de dramáticos passarão a patéticos, inevitavelmente. A classificação que o jornal deu ao filme não está tão errada como parece. Tragédia e comédia cedo ou tarde dão-se as mãos, elas que também são da mesma família.

Zero Hora - 12/01/14
Imagem: Giorgio De Chirico: Comedy and Tragedy, 1926

Clarice Lispector

Eu sou uma eterna apaixonada por palavras, música e pessoas inteiras. Não me importa seu sobrenome, onde você nasceu, quanto carrega no bolso. Pessoas vazias são chatas e me dão sono.
Clarice Lispector

Charles Chaplin

Creio no riso e nas lágrimas como antídotos contra o ódio e o terror.

Charles Chaplin










Ilustração: Roy Nachum

Clarice Lispector

Vocação é diferente de talento. Pode-se ter vocação e não ter talento, isto é, pode-se ser chamado e não saber como ir.


Clarice Lispector

Frase Fernando Pessoa

Ser feliz é encontrar força no perdão, esperanças nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros. É agradecer a Deus a cada minuto pelo milagre da vida.
Fernando Pessoa

Pensamento

Quem aplica um castigo quando está irritado, não corrige, vinga-se. Montaigne
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...